quarta-feira, 22 de julho de 2009

Boneca de crochê


"Um homem e uma mulher estavam casados por mais de 60 anos. Eles tinham compartilhado tudo um com o outro.
Eles tinham conversado sobre tudo. Eles não tinham segredo entre eles, afora uma caixa de sapato que a mulher guardava em cima de um armário e tinha avisado ao marido que nunca abrisse aquela caixa e nem perguntasse o que ela havia nela.
Assim por todos aqueles anos ele nunca nem pensou sobre o que estaria naquela caixa de sapato. Mas um dia a velhinha ficou muito doente e o médico falou que ela não se sobreviveria.
Visto isso o velhinho tirou a caixa de cima do armário e a levou pra perto da cama da mulher. Ela concordou que era a hora dele saber o que havia naquela caixa.
Quando ele abriu a tal caixa, viu 2 bonecas de crochê e um pacote de dinheiro que totalizava 95 mil dólares.
Ele perguntou a ela o que aquilo significava, ela explicou "quando nós nos casamos minha avó me disse que o segredo de um casamento feliz é nunca argumentar/ brigar por nada. E se alguma vez eu ficasse com raiva de você que eu ficasse quieta e fizesse uma boneca de crochê.
O velhinho ficou tão emocionado que teve que conter as lágrimas enquanto pensava "Somente 2 bonecas preciosas estavam na caixa. Ela ficou com raiva de mim somente 2 vezes por todos
esses anos de vida e amor."
"Querida" ele falou, você me explicou sobre as bonecas mas e esse dinheiro todo de onde veio?
Ah, ela disse "esse é o dinheiro que eu fiz com a venda das bonecas." (Desconheço o autor)


Sempre há uma nova maneira para velhas questões...invente, tente novas soluções!!!!

Imagem: Meninas super poderosas

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse texto e maravilhoso...
amei....e uma boa ideia....se nos fizessemos algo produtivo todas as vezes que alguem fizer raiva podemos ficar ricos...rsrsrsrsr...
Patricia

Kakau disse...

Divertido, lúdico, inteligente e cheio de ensinamentos...

A questão é aprender a transformar as situações, ótimo desafio.

Parabéns, mais uma vez, amiga.
Cláudia.

Adriana disse...

Interessante e engraçado. Não pude deixar de rir no final.
Adorei