sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Desapego


Sabe aquelas coisas que você tem guardadas e não joga fora de jeito nenhum, pois você irá reformar, irá vestir (um dia), dar de presente, fazer sei lá o quê??
Essa mania de guardar as coisas para um dia.....e o pior você nem sonha com a possibilidade de jogar fora, doar, vender, trocar..
Que apego é este?? Não estou perguntando do objeto em si, mas do ideal ou dos valores que você pode estar cultivando.
Você guarda um vestido de 10 anos atrás para ter o mesmo corpo novamente e poder usá-lo. Pense bem, mesmo perdendo os quilos necessários você não irá vesti-lo novamente, na maioria das vezes você irá ficar ‘cafona’.
Você pode querer emagrecer, mas não pode ser a mesma pessoa de anos atrás, ande para frente! Valorize sua idade,sua experiência, o que passou nos ensina, não vivenciamos a mesma situação de novo.
Abra espaços na sua vida! Desapegue! Jogue fora aquele monte de papel...crie espaços na sua vida e no seu coração.
Desapegue da raiva, da vingança, na maioria das vezes só faz mal para você.
O que você não dá conta, entregue para Deus, a vida é um exercício de entrega....desapegue.
Imagem: Google images

3 comentários:

*Adriana disse...

Gostaria de saber como... É difícil por em prática, sei que é necessário , sei que devo fazer, mas realizar o desapego é complicado.

Abçs
Adriana

Anônimo disse...

Ah... se eu desse conta de desapegar de um monte de quinquilharias que guardo...rsrsr... mas estou trabalhando isso. Não é fácil !!!
Bjs.,
Daniela Tameirão.

Vera disse...

Com certeza! Fazermos uma "faxina" nas coisas das quais gostamos é muito difícil...Porém, penso que a idéia lançada por vc no texto, Janaina, é significativa.
É hora de nos desfazer daquilo que não pode "trazer à nossa memória aquilo que nos dá esperança..."